Indicadores Brasileiros para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Cartilhas mostram atuações do SGB alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Em 2015, líderes mundiais se reuniram na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, e desenvolveram um plano de ação que concentra diretrizes para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que a população mundial alcance a paz e a prosperidade. A partir disso, foi criada a Agenda 2030 com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Neste sentido, o Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) desenvolve, desde 2018, atividades que visam contribuir para alcance das metas por meio das práticas da empresa em suas áreas de atuação.

Em setembro de 2020, o SGB-CPRM aderiu ao Pacto Global das Nações Unidas, sendo uma iniciativa priorizada pela presidência do órgão e consolidada por meio do Comitê Nacional de Pró-equidade. Para tornar pública as ações da empresa em relação aos ODS, a empresa disponibilizou para consulta on-line as 19 cartilhas que detalham as áreas de atuação do SGB-CPRM em relação às metas da ONU. As cartilhas estão divididas em três grupos dos setores das geociências e buscam mostrar de que forma o Serviço Geológico do Brasil contribui com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável por meio de pesquisas e ações.

Pesquisadora em Geociências e coordenadora do grupo de trabalho dos ODS do SGB-CPRM, Patricia Jacques destaca que a disponibilização das cartilhas é uma contribuição para a missão da empresa, contribuindo para a qualidade de vida e para o desenvolvimento sustentável do Brasil. “Através de cada cartilha é possível conhecer melhor as áreas de atuação do SGB, inclusive os programas internos, e também o quanto as atividades podem estar conectadas com os ODS e contribuir para as metas, mesmo que indiretamente”, afirma Patrícia.

Acesse aqui para saber mais sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)


Confira aqui a reportagem sobre a adesão da SGB-CPRM ao Pacto Global das Nações Unidas

As cartilhas podem ser consultadas ao clicar em qualquer área de atuação, como sustentabilidade e geodiversidade.

Do CPRM (13/11/2020)