Indicadores Brasileiros para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

ANA lança publicação para acompanhar metas de água e saneamento até 2030

 

imagem

A Agência Nacional de Águas (ANA) lançou neste Dia Mundial da Água, 22 de março, o relatório ODS 6 no Brasil - Visão da ANA sobre os indicadores, levantamento que monitora o nível de cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável nº 6 (ODS 6), estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas as pessoas.

São oito as metas dentro do ODS 6, compiladas em um trabalho inédito feito pela ANAcom dados de entidades parceiras. A base de informações da Agência sobre água e saneamento no Brasil permitiu o cálculo dos indicadores do ODS 6, incluindo a série histórica dos resultados, os diferentes níveis de desagregação espacial, críticas e sugestões de aprimoramentos metodológicos e, ainda, a comparação do Brasil com outros países e regiões do mundo.

Os dados também estão disponíveis em um painel interativo, que permite ver a série histórica e o resultado por estado ou região hidrográfica. Entre os pontos analisados pela publicação estão os cenários de disponibilidade dos recursos hídricos, as demandas e usos da água para as atividades humanas, as ações de conservação dos ecossistemas aquáticos, redução de desperdícios e acesso ao abastecimento de água, esgotamento sanitário e tratamento de esgotos.

Veja os principais resultados:

O relatório foi elaborado seguindo metodologia discutida com agências da ONU e contou com a revisão de diversas instituições parceiras. Foram preparadas fichas metodológicas com passo a passo de como foi aplicada a metodologia da Organização das Nações Unidas para calcular cada meta, permitindo a replicação dessa metodologia.

Acesse a íntegra do documento e navegue no painel ODS 6 - Água Limpa e Saneamento, também disponível na versão em inglês.

 

Da ANA (22/03/2019)